Publicado por Redação

Altamente popular na Europa, a alcarávia é uma planta que tem sua utilização datada há 5 mil anos. Usada não apenas na cozinha, a erva é uma aliada à saúde do ser humano. Também chamada de Kummel, ela possui diversas propriedades medicinais nas folhas, frutas e raízes.

Pertencente à família das Apiaceae, é conhecida por outros nomes como: cuminho, cominho de montanha, cariz, alcarovea, cominho-armênio, alcaravia, alquirevia, cominho dos prados e cominho-romano.

Características da planta

alcaravia

Foto: Pixabay

A alcarávia é uma pequena planta, chegando à 60 cm de altura no máximo. As flores, que variam entre branco e violeta, se destacam entre as folhas verdes.

Além das propriedades medicinais, a erva também carrega consigo os princípios ativos que lhe conferem usos alternativos que vão além da infusão. Como exemplo, pode-se citar o caso do óleo essencial extraído dos frutos esmagados do cominho de montanha.

Propriedades medicinais e benefícios da alcarávia

  • Antiflatulenta;
  • Diurética;
  • Aperiente;
  • Antiácida;
  • Estomáquica;
  • Digestiva;
  • Aromática;
  • Anti-helmíntica;
  • Emenagoga;
  • Estimulante;
  • Purgativa;
  • Laxante;
  • Galactagoga.

Através de todas estas propriedades é fácil dizer que a alcarávia é uma planta benéfica para o organismo humano, pois ela pode ser usada no tratamento de distúrbios no estômago e problemas respiratórios.

Utilizada com a finalidade de eliminar dores nos nervos, febres e vermes, a erva também pode servir para estimular o leite materno e equilibrara o processo híbrido do corpo.

Alívios de dispepsia, cólicas e de problemas intestinais podem ser alcançados com a ingestão de infusões feitas com os elementos desta planta. Isso porque ela consegue relaxar os músculos. Além disso, diminui enjoos, gases e é uma excelente saída para aliviar cólicas em crianças. Também pode ser usada como uma forma de controlar cãibras e crises alérgicas, bem como o surgimento de tosses.

Formas de utilização desta erva

Alcarávia pode ser utilizada na produção de infusões, xaropes e óleo essencial. Além disso, é um ingrediente que pode servir para incrementar as receitas de bolos, pães e outros massas.

A bebida Kummel e outras de caráter alcoólico também são feitas através do óleo extraído dos frutos da planta. Todavia, mesmo sendo um produto natural, merece atenção com relação ao consumo.

Ainda não foi observado efeitos colaterais depois do consumo da alcarávia, porém a ingestão de bebidas feitas através da planta precisam ser consumidas moderadamente. Haja vista que a erva possui um princípio ativo chamado de carvona, elemento químico considerado tóxico e que por esta razão precisa-se ter cuidado ao consumi-lo.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.