Publicado por Redação

Planta originada na África, mas que chegou ao Brasil pelas mãos dos europeus logo no início da colonização. A amendoeira é também conhecida como amêndoa-durázio, amêndoa-de-coco e amêndoa-molar.

Pertencente à família das Rosaceae, é uma planta frutífera, com flores rosadas e sementes ricas em benefícios à saúde humana. A parte mais utilizada desta planta são suas sementes, mas especificamente, o óleo que delas é extraído.

Amêndoa amarga

Foto: Pixabay

Trata-se de uma espécie, que apesar de provocar muitos efeitos benéficos ao organismo, pode tornar-se um elemento prejudicial caso não seja utilizado da forma devida. Por exemplo, em excesso, as amêndoas são consideradas tóxicas e até mesmo mortais.

Propriedades das sementes

  • Antiespasmódica;
  • Antifebril;
  • Anti-inflamatório;
  • Antitussígena;
  • Digestiva;
  • Laxante leve;
  • Peitoral;
  • Urinária.

Benefícios da amêndoa amarga

Devido a sua composição, esta semente é ideal para tratar problemas digestivos, principalmente os que acometem o estômago. Ainda é indicada para tratar tosse, catarros e bronquite.

Além disso, é aliada do sistema urinário, prevenindo-o contra possíveis distúrbios e trata casos de hemoptises, cálculos, gonorreias e litíase.

Modo de utilização

Existem duas formas de se trabalhar com as amêndoas, são elas: a preparação do leite ou o azeite. Nesta primeira receita, leva-se ao triturador, ou liquidificador, 30 g de amêndoas sem as cascas, um litro de leite e 20 g de açúcar. Após a substância tornar-se homogênea, é preciso coá-la. É indicado tomar dois copos a solução por dia.

Já quando o indivíduo quer preparar o azeite de amêndoas, ele precisa triturar 30 g das sementes sem casca em meio copo de água. O ideal é ingerir 6 ml desta substância duas vezes ao dia. Sendo uma receita ideal para quem está com problemas do sistema respiratório.

Cuidados e efeitos colaterais

Amêndoa amarga é uma planta considerada tóxica, isso porque existem doses que podem ser letais às pessoas. Por exemplo, 20 amêndoas para adultos e 10 para crianças são consideradas quantidade altamente maléficas e mortais.

Ela também tem muita facilidade em sofrer mudanças químicas. Isso porque, ao ser colocada em conjunto com água ou até mesmo com a saliva, a semente pode dar origem ao ácido cianídrico, elemento perigoso para à saúde.

Com relação aos efeitos colaterais, estes podem ser de reações adversas. Sendo a mais grave o envenenamento.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.