Publicado por Redação

Popular no Brasil, o angico é uma árvore do gênero Piptadenia. Conhecida pela qualidade de sua madeira, a planta é muito utilizada na fabricação de móveis e de outros objetos que a tem como sua principal matéria-prima. Porém, recentemente, alguns estudos têm comprovado suas propriedades medicinais, que são capazes de atuar no organismo eliminado doenças e tratando outros problemas de saúde.

Neste artigo você conhece melhor as características da planta e aprende a preparar o chá de angico. Bem como, descobre o modo correto do seu consumo diário e, principalmente, quais são os cuidados que devem ser tomados ao ingerir essa bebida.

Angico

Foto: Reprodução/ internet

Propriedades do angico

  • Adstringente;
  • Carminativa;
  • Depurativo;
  • Antidiarreica;
  • Hemostático;
  • Expectorante.

Benefícios da planta

O angico pode ser usado no controle de doenças respiratórias, como bronquite, tosse, asma, gripes, resfriados e problemas que afetam diretamente os pulmões. É bastante útil no tratamento de disenterias e diarreias, no tratamento da gonorreia e da leucorreia, e no combate ao raquitismo. Além disso, consegue curar inflamações na faringe e trata a debilidade do organismo.

Receita do chá de angico

Coloque um litro de água no fogo alto, para que ela alcance fervura. Após esse processo, desligue o fogo e despeje dentro do recipiente uma colher de sopa de cascas de angico. Misture por alguns minutos, tampe a panela e aguarde por aproximadamente 15 minutos. Em seguida, com a bebida ainda morna adoce com mel ou açúcar mascavo. Dessa mistura você deve consumir até três xícaras por dia, e assim é possível conseguir usufruir de todos os benefícios dessa planta.

Cuidados essenciais

O angico, assim como outras ervas, apesar de ser bastante benéfico necessita de muita atenção ao ser consumido, pois em altas doses pode ser tóxico e em alguns pacientes pode fazer mal. Esse é o caso, por exemplo, das mulheres que estão grávidas ou em período de amamentação, que se consumir o chá feito à base da angico podem sofrer de sérias complicações e ainda intoxicar o bebê.

Com relação ao consumo diário, deve ser respeitado a dosagem já mencionada. Isso porque, em altas doses, a bebida pode causar lesões nas vias nasais e nas mucosas da boca. Para o gado, as folhas dessa planta também são maléficas, por isso, para plantar em uma fazenda, é necessário que se tenha uma área onde esses animais não possam chegar.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.