Publicado por Redação

Com o nome científico de Arnica montana, a Arnica pertence à família Asteráceas, a mesma família dos girassóis, e pela similaridade entre eles comumente são confundidos um com o outro. O que difere visivelmente a arnica do girassol é que as folhas da primeira possuem uma textura com pêlos e mais aveludada, que originou o nome arnica, que significa “pele de cordeiro”. Originária da América do Norte Ocidental, a planta está acostumada em climas temperados, assim seu cultivo é de difícil adaptação em solo brasileiro, mas pode ser encontrada em Goiás, Minas Gerais e Bahia, onde a cultivam em campos rupestres. Popularmente pode ser conhecida em algumas regiões como “Tabaco das Montanhas”, “Arnica das Montanhas” e “Arnica Verdadeira”.

Arnica

Foto: Reprodução

Propriedades

As principais propriedades da arnica são:

  • Anti-inflamatórias;
  • Analgésicas;
  • Antissépticas;
  • Anti-hemorrágicas;
  • Cicatrizantes;
  • Estimulante;
  • Tônica.

Benefícios e indicações

A arnica é altamente eficaz para aliviar dores musculares, edemas, rupturas de ligamentos, contusões e traumatismos. Outra importante função da planta arnica é clarear hematomas, auxiliando-os a voltar para a cor adequada da pele, até que a diferença se torne imperceptível.

O uso da arnica também é indicado para auxiliar no tratamento de hemorragias, furúnculos e reumatismos. Também pode ser utilizado para conter hemorragias e reduzir processos inflamatórios.

Contraindicações

A utilização da arnica é contraindicada para gestantes e lactantes, assim como em feridas expostas, nas quais não haja pele. Frisamos ainda que o uso da planta é sempre externo, e deve ser acompanhado por um médico especialista, já que a mesma pode provocar o aumento da pressão arterial, arritmias cardíacas, dores abdominais, vômitos, problemas circulatórios, irritações estomacais e causar o aborto, por possuir fortes substâncias tóxicas.

Modos de utilizar a arnica

Ao entrar em uma farmácia ou loja de produtos naturais, você encontrará a arnica disponível em 3 formas: gel; chá e pomada. O gel e a pomada possuem funções similares, mas com texturas diferentes, ambos servem para serem aplicados em lugares doloridos ou inflamados, como meio de aliviar a dor. O chá, feito com flores trituradas da planta, deve ser utilizado como compressa em dores de cabeça, contusões, reumatismos e inchaços, além de melhorar a circulação.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.