Publicado por Redação

A assa peixe é uma planta muito conhecida pelos seus benefícios no tratamento da asma, bronquite, gripe, cálculos renais e muitas outras doenças. Essa planta é nativa do Brasil e muito utilizada medicinalmente e é mais conhecida como urtiga do Brasil. Conheça agora mais benefícios e cuidados que devemos ter com essa planta.

Origem

A assa peixe, cientificamente chamada de Vernonia grandiflora less, é uma planta originária do Brasil é muito utilizada medicinalmente. Esta planta silvestre é facilmente encontrada nos cerrados de São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás. Multiplica-se facilmente nos terrenos de pastagem, em solos que são pouco férteis, nas beiras de estradas, nos lugares abertos entre outros. E é por isso que em certos lugares essa planta é considerada como daninha. Ela pode ser comprada em lojas de produtos naturais e também em farmácias de manipulação. Conhecida como: assa peixe branco, cambará branco, cambará guassú, estanca sangue, mata pasto, erva preá e outros.

Assa peixe

Foto: Reprodução

Características

É um arbusto anual ou bianual, que é muito comum nascer nas beiras de estradas. A assa peixe pode chegar a atingir 3 metros de altura, suas folhas são alternas, pecioladas e ásperas. Possuem um tom de verde-escuro e cima e um verde-pardacento em baixo. O fruto-semente desta planta é pequeno e escuro, seu plantio é feito através das sementes em solos pouco férteis.

Propriedades e indicações

É rica em sais minerais, diurética, tem também a ação balsâmica e expectorante. Possui propriedades muito úteis a nossa saúde, as partes utilizadas medicinalmente são suas folhas e raízes. Estas ajudam no combate de afecções de pele, bronquite, cálculos renais, asma, pneumonia, dores musculares, gripe, retenção de líquidos, tosse entre outros. A raiz tem poder hemostático, e contém hemorragias, trata afecções de útero, rins, ajuda no combate a hemorroidas, cálculos renais, contusões e até diabetes.

Modos de uso

Existem três maneiras de usar a assa peixe, veja abaixo os modos de uso e de preparo:

  • Infusão – para utilizar como diurético e para cálculos renais você deve ferver 6 folhas de assa peixe picadas em um litro de água durante 10 minutos, em seguida beba. Deve ser consumido até 4 xícaras por dia. Para utilizar como expectorante e tratar bronquite você deve despejar sobre duas folhas de assa peixe, uma xícara de chá de água fervente, após amornar você deve adoçar com mel e beber de 1 a 3 xícaras por dia, durante até 3 dias.
  • Decocção – para aplicar nas afecções da pele você deve ferver 3 folhas picadas de assa peixe em uma xícara de chá de água durante 5 minutos. Após esfriar, coe e aplique sobre as lesões da pele.
  • Xarope –  para tratar de gripes, pneumonias e doenças das vias respiratórias você deve ferver por 5 minutos, 2 folhas picadas em uma xícara de chá de água, em seguida coe e adoce com 2 xícaras de café de mel. Pessoas adultas devem tomar uma colher de sopa desse xarope de 2 a 3 vezes por dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Até o momento não são conhecidas contraindicações e nem efeitos colaterais sobre o uso da assa peixe, porém é importante lembrar que o uso em excesso de qualquer tipo de erva pode ser prejudicial à saúde.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.