Publicado por Redação

Conhecida como vidoeiro, vidoeiro branco e senhora dos bosques, bétula é uma planta da família Betulaceae, assim como a aveleira. Trata-se de pequenas árvores ou arbustos características do clima do hemisfério norte. Seu fruto é uma sâmara pequena, com folhas simples e alternas. Suas propriedades medicinais são extraídas da casca de sua árvore e de suas folhas. Seu chá, se consumido com regularidade, pode fazer maravilhas pelo organismo e, por esta razão, está se tornando cada vez mais popular e procurada no mercado natural.

Planta bétula

Foto: Reprodução

Os benefícios e propriedades da bétula

Com propriedades adstringentes, analgésicas, antirreumáticas, amargo, febrífuga e diurética, a bétula continua sendo investigada, já que suspeita-se que sua casca tenha grande potencial anticancerígeno. Suas folhas são antibacterianas e, juntamente com suas propriedades diuréticas, é eficiente em eliminar do corpo toxinas e excessos, aliviando inflamações, infecções, dores e purificando o sangue.

A bétula costuma ser utilizada, ainda, para curar e aliviar queimaduras, contusões, feridas e eczemas. No banho ela é capaz de tratar erupções cutâneas e ajudar no processo cicatrizante de machucados. Ainda no banho, a bétula pode ser usada nos cabelos para combater a caspa. Tem utilidade também para o reumatismo, psoríase, limpeza de pele, acnes, congestão nasal e leucorreia.

Como utilizar a bétula

Para preparar o chá de bétula, basta levar ao fogo uma chaleira com um litro de água. Deixe ferver e inclua nela 3 colheres de chá de bétula. Quando estiver já fervido, coe, adoce a gosto e consuma duas vezes por dia, sempre antes das principais refeições.

A bétula pode ser utilizada não apenas como chá, mas também como ingrediente culinário. A partir de sua seiva é produzido um vinagre medicinal, assim como xarope doce e até mesmo cerveja. Os talos secos podem servir para fazer farinha ou mesmo cozinhá-los em finas tiras e servir como macarrão. Suas folhas também têm serventia, podendo ser utilizadas para incrementar saladas.

Para utilizá-la no banho repita o procedimento feito para preparar o chá. Porém, quando desligar a fervura, deixe que esfrie quase que totalmente e então durante o banho enxague o local necessitado.

Contraindicações

Não há relatos de efeitos colaterais ou necessidade de contraindicações.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.