Publicado por Redação

Com nome científico de Crataeva Nurvala, a Crataeva é uma planta da família das Capparidaceae. Seus nomes populares são Três folhas, Cape ou Varuna.

A Crataeva é muito utilizada pela medicina ayurvédica indiana para amenizar e prevenir problemas de bexiga, rins e sistema urinário. Além disso, a planta é eficaz como hipertrofia da próstata, cistite e cálculos renais.

A atuação sobre essas patologias deve-se, sobretudo, a princípios ativos presentes na planta como glucosinolatos, flavonoides, esteróis vegetais como lupeol, taninos e saponinas.

Benefícios da Crataeva

Para patologias relacionadas aos rins, o chá de Crataeva Nurvala é utilizado para melhorar a tonacidade do tecido que envolve a bexiga e, desta forma, diminuir o volume da urina que fica no órgão.

Além disso, a planta é capaz de reduzir a frequência urinária e pode ajudar a acabar com infecções como a cistite.

A crataeva é eficaz como hipertrofia da próstata, cistite e cálculos renais

O nome científico de Crataeva é Crataeva Nurvala (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

As partes da planta utilizadas como medicamento fitoterápico é casca da raiz ou a casca do caule. Quando seca, a decocção é administrada para curar doenças como cálculos renais, disúria, helmintiase, inflamações e abscessos.

Ela também tem ação termogênica, carminativa, demulcente, laxante, litontriptica, diurética e expectorante.

Veja também: Cuipeúna

Características gerais

A planta é considerada uma árvore selvagem, muito comum no sudeste da Ásia e no sul da China.

A Crataeva Nurvala é típica de terrenos baixos, não sobrevivendo em solos com altitude maior que mil metros acima do nível do mar. É comum encontrá-la em terrenos que possuem florestas e que seja perto de rios e lagos.

Chá de Crataeva

Para preparar um chá da Crataeva Nurvala, você deve fazer uma decocção, que é o método de extração de nutrientes para elementos amadeirados, como raízes, cascas e caules.

Isso acontece pois essas partes têm componentes que são solúveis em água. Desta forma, os sais minerais e princípios ativos ficam disponíveis durante o cozimento da mistura.

Veja também: Cancorosa

Inicialmente, você deve utilizar uma panela de metal não reativo, como aço inoxidável ou esmalte, e nunca alumínio. Coloque 500 ml de água para cada 30 g da casca da planta. Deixe para esmagar a casca somente quando for despejá-la na panela, para que os nutrientes não se percam antes.

Mantenha a mistura em fogo médio e deixe cozinhar com a panela fechada até que a água evapore e fique bem concentrada. Depois disso, coe a mistura para poder tomar. Quando estiver pronto, a decocção da Crataeva, pode permanecer até 72 horas na geladeira e você pode tomar até três vezes ao dia, depois das principais refeições.

Veja também: Coronha

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.