Publicado por Redação

A cumacaa é uma planta que pertence à família das Asclepiadáceas. Dependendo do local onde é encontrada pode ser conhecida também por cumaná.

Ela é uma espécie originária do Brasil que pode ser identificada com certa facilidade no Estado do Amazonas. Devido a sua incidência, a cumacaa está associada a uma série de superstições. Na medicina natural, ela também agrega efeitos benéficos à saúde.

Em relação as suas características físicas, a cumacaa é uma trepadeira de caule lenhoso, com folhas oblongas e carnosas que pode chegar a até 14 centímetros de comprimento.

Uma característica que pode ser facilmente observada na espécie é que as folhas localizadas na parte inferior são bem menores. Já em relação a coloração, elas podem apresentar-se como branca, cor de carne e violáceo, sem cheiro algum.

A cumacaa é muito usada para a ornamentação de jardins, mas também tem ação medicinal

Essa espécie é originária do Brasil, sendo encontrada na região Norte do país (Foto: depositphotos)

Ainda sobre as flores, elas são reunidas em duas umbelas dispostas em cimeiras escorpoides, enquanto os frutos são identificados como pequenos folículos. Devido as suas características físicas, a planta pode ser usada como elemento ornamental em jardins.

Propriedades medicinais da cumacaa

No que se relaciona as propriedades medicinais, o poder dessa planta está concentrado na sua raiz cilíndrica, também conhecida pelo nome de “batatão”.

Veja também: Digital

Essa parte guarda o princípio ativo elcomarhysa, com ação destruidora sobre os tecidos recém-formado. A forma mais comum de integrá-la aos tratamentos de saúde é por meio da utilização de uma espécie de farinha extraída da raiz da planta.

Antigamente essa farinha era bastante utilizada no tratamento de feridas e úlceras, tendo sido base de inúmeros produtos farmacêuticos que tiveram grande aceitação na época. Dentre os produtos feitos com o Cumacaá existe um eficiente contra a hipertrofia da conjuntiva ocular.

O chá obtido a partir da infusão das folhas possui efeito laxativo.

Precauções

Porém, assim como acontece com qualquer outra planta, ele só deve ser usado a partir de orientação médica.

Veja também: Cruá

Atitudes como essa contribui para que o paciente evite o aparecimento de problemas futuros, sobretudo ocasionados pela ingestão desregrada da substância.