Publicado por Redação

Com nome científico de Waltheria douradinha, a douradinha pertence à família das Escrofulariáceas. Originária da África, você pode encontrá-la em praticamente todos os continentes, como Europa, Oceania e Américas.

A douradinha é uma planta “anual, herbácea, de caule quadrangular, medindo até 10 cm de altura, difusa e ramosíssima desde a base, seus ramos semiprostrados ou ascendentes, filiformes, glabros ou hirtos nos ângulos”.

Ainda segundo o site especializado, as folhas da douradinha do campo, como também é conhecida, são opostas, distanciadas, obtusas ou arredondadas. Elas costumam ter entre três centímetros de comprimento por dois centímetros de largura. Suas flores são nas cores dourada e seu fruto é em forma de cápsula. Já as sementes são redondas e amareladas.

Em alguns lugares do Brasil, a douradinha é chamada malva-branca e malva-veludo

A douradinha também é conhecida como douradinha do campo (Foto: Reprodução | UFRGS/Rosângela G. Rolim)

Em alguns lugares do Brasil, ela é chamada malva-branca e malva-veludo, principalmente por conta das suas folhas que apresentam uma cobertura de pequenos pelos que dão um aspecto aveludado.

Propriedades da douradinha

Suas propriedades medicinais são: antidisentérica, diurética, estimulante, sudorífica, emética, emagrecedora, antialbuminúrica, anti-inflamatória, cardiotônica, estimulante, hipotensora, emoliente e sudorífica.

As partes mais utilizadas da douradinha são as cascas dos ramos e as folhas. Elas contêm taninos, saponinas e alcaloides.

Veja também: Crista de Galo

Por isso, o seu chá é recomendado para pessoas que têm catarro, fruto de uma bronquite, ou algum dano pulmonar. Além disso, pessoas com cistites também podem se usufruir dos benefícios da douradinha do campo.

Pessoas com problemas de reumatismo, gota, ácido úrico, cólicas e pressão alta também tomam o chá de douradinho. Ele também é eficiente contra doenças de pele e por isso pode ser utilizado externamente para lavar feridas, inclusive aquelas provocadas pela sífilis, erupções, coceiras, furúnculos e úlceras.

Receita de chá de douradinha

Ingredientes

  • 20 gramas de folhas e cascas dos ramos da planta douradinha;
  • 1 litro de água mineral.

Modo de fazer

Coloque a água para ferver e quando a mesma levantar fervura, insira as 20 gramas de douradinha do campo na panela. Deixe fervendo por cinco minutos, depois disso, desligue o fogo.

Mantenha a panela com tampa por mais alguns minutos e depois disso pode tomar até quatro xícaras por dia. Caso seja para uso externo, você pode banhar a área até cinco vezes por dia com a mesma solução.

Veja também: Dama entre Verdes

Onde comprar douradinha do campo

É possível comprar a douradinha em lojas específicas, feiras e mercados. No mundo virtual, a loja Naturemed Produtos Naturais comercializa a embalagem de 50 gramas por R$6,50.

Já a loja ‘Chá Saúde 1’, vende 100 gramas do chá de douradinha por R$ 26,60 no Mercado Livre. Essa mesma plataforma, vende ainda 200 gramas por R$ 50,50.

Contraindicações

Algumas espécies da Waltheria douradinha são consideradas tóxicas. Por isso, só faça uso da planta com indicação profissional. Consulte sempre o seu médico antes de começar um tratamento com qualquer fitoterápico.

Veja também: Dois Amores

Pacientes que têm problemas como de coagulação sanguínea também não podem consumir a douradinha. Algumas pessoas, depois de consumir o chá de douradinha do campo, podem apresentar diarreia. E nem crianças, idosos com saúde fragilizada, tão pouco gestantes devem tomar esse chá.

Veja mais!