Publicado por Redação

Chamada cientificamente de Papaveraceaee, a erva andorinha tem origem na Europa e oeste da Ásia. Com o tempo, os colonizadores trouxeram a planta também para as América do Sul e Norte.

A erva andorinha é chamada também de diferentes nomes a depender da localização. Alguns a chamam de erva-do-mercúrio, celidônia, planta-betadine, chelidonio, erva-dos-calo, erva-das-verrugas, quelidônia maior ou quelidônia.

Ela é muito utilizada para ornamentação, pois suas flores e folhas são bonitas. Ela pode atingir até 1 metros e 20 centímetros de altura. Suas flores têm quatro pétalas amarelas. Elas nascem na primavera até o verão.

A erva andorinha também é utilizada para fins medicinais. Ela é indicada para problemas de pele e funciona como sedativa, analgésica e antimicrobiana. Algumas pessoas a utilizam no tratamento de problemas de visão, como catarata, antiespasmódico e relaxante muscular, mas esses usos não são recomendados.

Um dos nomes populares da erva andorinha é erva-das-verrugas

O nome científico da erva andorinha é chelidonium majus (Foto: depositphotos)

As partes utilizadas são seiva, flor, folha, ramos e raiz. A sua seiva é aplicada como cicatrizante, mas ela pode ser corrosiva e venenosa. Suas sementes são pretas e pequenas e ele não precisa de muita luz para se desenvolver.

Erva andorinha para eliminar verrugas

Um dos nomes populares da erva andorinha é erva-das-verrugas. Isso deve-se, sobretudo, por conta da sua eficácia contra verrugas. Veja agora como elimina-las.

Você vai precisar extrair a seiva da erva andorinha, pois é ela que é utilizada sobre a verruga. Para isso, utilize luvas de látex para proteger suas mãos, uma vez que a substância é corrosiva.

Parta os caules em diferentes lugares e deposite a seiva em um recipiente de plástico. Depois, proteja a pele ao redor da verruga com vaselina ou outro creme hidratante potente. É importante proteger essas áreas para que não cause irritação na pele.

Veja também: Barba de barata

Com uma haste flexível com algodão nas pontas mergulhe na seiva e, em seguida, coloque sobre a verruga. Repita esse procedimento até três vezes por dia até que a verruga caia.

Existe chá de erva andorinha?

Por ser uma erva considerada tóxica, seu uso interno e externo deve ser feito com muito cuidado. O chá de erva andorinha pode ser feito, porém sempre com indicação médica, para que ele não cause o efeito contrário.

As propriedades presentes no chá de erva andorinha podem causar inflamações no estômago chamadas de gastroenterite e estomatite.
Logo, jamais fazer o chá de erva andorinha se não for uma recomendação médica e com acompanhamento de um profissional de saúde. Se utilizada de forma incorreta, ela pode causar grandes estragos.

Veja também: Crista de Galo

Seus animais e a erva andorinha

Você também deve ficar de olho nos seus bichinhos de estimação, caso tenha uma erva andorinha em casa. Da mesma forma que o seu consumo é desaconselhável para humanos, se consumida por animais ela também pode prejudicar a saúde deles.

Os sinais de intoxicação em humanos e animais são bem semelhantes: náuseas, vômitos e até o óbito. Diarreia, dificuldade de respirar, formigamento, obscuridade na vista também são indícios que algo está errado.

Assim que observar alguns desses sintomas, procure imediatamente os cuidados de um médico veterinário para que seja realizada uma lavagem estomacal com urgência.

Veja também: Dama entre Verdes