Publicado por Redação

Com nome científico de Ranunculus repens, a erva ciática pertence à família das Ranunculaceae e é popularmente conhecida como erva-do-monge, ranúnculo-rasteiro e mata-boi.

As partes utilizadas pela fitoterapia são as folhas, porém sempre para uso externo, jamais para consumo interno, pois ela é uma planta muito tóxica.

A erva ciática é indicada para problemas de reumatismo e hemorroidas. Suas outras propriedades são: anti-inflamatória, cicatrizante e bactericida.

Usando a erva ciática contra o reumatismo

Você deve aplicar a erva ciática em forma de compressas ou cataplasma, da seguinte forma: esmague as folhas da erva e coloque-as ainda fresca sobre as juntas mais doloridas. Deixe no local de 30 a 50 minutos.

O nome científico da erva ciática é ranunculus repens

A planta é tóxica, devendo ser usada apenas externamente (Foto: depositphotos)

Como resultado da aplicação, a área ficará vermelha e com uma bolha de água amarela que deve ser estourada com bastante cuidado. Antes de fazer uso dessa técnica, consulte o seu médico.

Como minimizar as dores nas articulações

O site da clínica do Dr. Hong Jin Pai e Associados, com sede em São Paulo, sugere algumas maneiras para aliviar a dor da artrite reumatoide.

Veja também: Cana de macaco

A primeira delas é clássica: poupe as suas articulações. Na prática, isso significa que você deve evitar pegar peso ou fazer atividades que sobrecarreguem seu corpo. Por exemplo: não segure objetos com os dedos, mas sim com a palma das mãos ou não levante uma cadeira, mas sim arraste-a no chão.

Outra dica preciosa para fugir das inflamações é alongar o seu corpo logo cedo pela manhã. Isso ajuda a ter menos dores durante o restante do dia. Aproveite também para fazer caminhadas, natação ou outras atividades de baixo impacto durante 30 minutos ao menos três vezes na semana.

Quando for tomar banho escolha água quente ou morna, ao invés de fria ou gelada. O calor proporciona alívio da dor da artrite reumatoide. E se você puder tomar um banho de imersão, é melhor ainda. Uma banheira com água quente é ótima para aliviar os sintomas.

Compre almofadas de aquecimento ou cera quente e aplique até por uma hora nas regiões mais doloridas.

Veja também: Êritreia

Não force as articulações

Outra dica que o site do consultório especialista dá que é as pessoas que sofrem com reumatoide usem ferramentas que auxiliem no dia a dia, como bengalas e barras de segurança. Eles podem aliviar até 20% do peso corporal sobre as articulações localizadas nos quadris, tornozelos e pernas.

Da mesma forma, outros acessórios também facilitam a vida das pessoas no dia a dia, como abridores de lata, zíper e outras ferramentas especiais.

Outra dica valiosa é perca peso. A gordura sobrecarrega e inflama as articulações e aumenta a possibilidade de crises.

Por último, a recomendação mais valiosa: alimente-se bem. Ingerir os alimentos corretos muda totalmente a sua disposição e saúde. Evite os seguintes ingredientes: molhos, caldos de carne, canja, extratos de carne artificiais, peixes gordurosos, feijão, lentilhas, cogumelos e bebidas alcoólicas.

E inclua no seu cardápio: nozes, linhaça, chia, cenoura, óleo de fígado de bacalhau e castanha do Pará. Em geral, alimentos ricos em ômega 3 e vitaminas A e selênio são indicados para pessoas que sofrem de artrite reumatoide.

Veja também: Cupuaçu

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.