Publicado por Redação

A esponjeira é uma planta de família Fabaceae. Sua árvore possui pequeno porte e tem origem na Áustria, África, Ásia, México e Texas, nos Estados Unidos da América. No Brasil, ela se encontra com maior densidade na região do Cerrado.

Propriedades da Esponjeira

A planta é versátil e usada na medicina alternativa em diversos tipos de enfermidades e problemas. Ela tem propriedades estimulante, digestiva, analgésica, antirreumática, antibacteriana, antidiarreica, hipertensiva, estomáquica, adstringente, demulcente e emoliente.

O consumo da esponjeira é indicado para pessoas que sofrem de problemas como reumatismo, diarreia, má digestão, dispepsia, estancamento de sangue, dor de garganta, cãibra, machucados de modo geral, conjuntivite e tifoide.

Esponjeira

Foto: depositphotos

Modo de usar a planta

Seu modo de uso varia de acordo com as necessidades que cada organismo apresenta. Por exemplo: a decocção da raiz pode ser usada para combater diarreia, hipotensão, estancamento de sangue, problemas digestórios, cãibra e reumatismo.

A esponjeira também ajuda a tratar doenças como câncer de estômago, quando elas são banhadas em água quente. E as folhas secas da planta possuem um poder de pulverização de machucados. Já o fruto da esponjeira ajuda a tratar alguns tipos de tumores. E a raiz da planta medicinal, quando é mastigada, ajuda a curar incômodos na garganta.

Contraindicações

Pessoas que sofrem de pressão alta devem evitar o consumo da planta, pois a esponjeira tende a aumentar a pressão sanguínea e a permeabilidade capilar. Idosos e crianças com menos de 12 anos também devem evitar ao máximo o uso da planta.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.