Publicado por Redação

Filipêndula, de nome científico filipendula ulmaria, é uma planta da família das rosaceae, sendo também conhecida por outras denominações, como ulmária, rainha-dos-prados, ulmeira, erva-ulmeira, barba-de-bode, aspirina vegetal e outras. Nativa da Europa e da Ásia Ocidental, tempos depois esta planta foi introduzida e cultivada na América do Norte.

Foi a partir desta planta que, no século XIX, isolaram pela primeira vez algumas substâncias semelhantes à aspirina. Além das propriedades medicinais, a filipêndula possui um aroma bastante agradável, usado para dar sabor a vinhos, cervejas e vinagres.

As propriedades da filipêndula

Dentre as propriedades medicinais da filipêndula estão as seguintes:

  • Adstringente;
  • Antiácida;
  • Antiemética;
  • Antirreumática;
  • Antisséptica;
  • Calmante;
  • Cicatrizante;
  • Diurética;
  • Sedativa;
  • Febrífuga;
  • Tônica.
Planta foi introduzida e cultivada na América do Norte

Foto: Pixabay

Benefícios e indicações de uso desta planta

Devido às muitas propriedades medicinais da filipêndula, esta planta pode ser útil no tratamento de diversos problemas de saúde, como úlceras, diarreia, dores (de cabeça, bexiga, rins e estômago), gastrites, pulmão, reumatismo, febre, fibromialgia, hiperacidez estomacal, osteoatrite e vômito. A filipêndula também é indicada na prevenção de difteria, disenteria e pneumonia.

A planta é um dos melhores remédios para tratar problemas de hiperacidez gástrica, pois promove a reparação do estômago e controla a libertação de ácido. Além disso, é indicada para tratar dores reumáticas e fibromialgia, pois pode aliviar músculos e articulações rígidos, acalmando a inflamação.

Como utilizar a filipêndula?

As partes usadas da planta são as suas folhas frescas, folhas secas, flores e raízes. A filipêndula pode ser utilizada na forma de infusão e de tintura da raiz seca.

Para preparar a infusão, basta colocar duas colheres de sopa de erva picada em uma xícara de chá, derramar água fervente por cima e tampar o recipiente. A indicação de consumo é de uma vez ao dia, após a bebida esfriar.

A infusão feita com as flores secas serve para tratar gripes, febres e dores reumáticas; já a infusão feita com as folhas e flores pode auxiliar no tratamento das dores da bexiga e dos rins, estimular a excreção de ácido úrico e dores estomacais.

Efeitos colaterais e contraindicações

A filipêndula não deve ser utilizada por pessoas que apresentam hipersensibilidade à aspirina, pois pode desencadear reações alérgicas. As pessoas que sofrem de asma também devem ter atenção, pois cerca de uma em cada cinco pessoas com asma reagem à aspirina provocando mais sintomas da doença. Por isso, o uso desta planta poderia induzir os mesmos sintomas.

Lembre-se que todo e qualquer tratamento, inclusive o natural, só deve ser iniciado após a consulta com um médico especialista.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.