Publicado por Redação

A fumária, também conhecida como fumo da terra, erva moleirinha, fel da terra e erva pombinha, é uma planta medicinal muito conhecida pelos benefícios no tratamento de pedras na vesícula, prisão de ventre, dentre outros males.

Fumária

Foto: Reprodução

Origem

A fumária, de nome científico Fumaria ofissinalis, é uma planta de origem incerta, entretanto alguns afirmam ser brasileira. Essa planta é conhecida desde a antiguidade e foi descrita em herbários da Idade Média tradicional, nestes registros falava-se em espremer o suco e evaporá-lo.

Segundo os herbários essa planta é muito útil para a medicina natural, ela era usada para o tratamento de eczemas, problemas de constipação, condições dermatológicas e outros problemas.

Características

Esta planta medicinal cresce em pequenos arbustos, as suas folhas são de um tom verde acinzentado e suas flores podem ser brancas ou rosadas com a ponta vermelha. É uma planta herbácea anual, mede de 20 a 80 centímetros de altura. É Ramosa, de haste delgada, angulosa e seus ramos são difusos. Suas mudas podem ser plantadas em solos arejados, secos e adubados com matéria orgânica, de preferência durante o período da primavera.

Propriedade e indicações

  • A fumária é rica em propriedades diuréticas e depurativas.
  • É um ótimo laxante natural para quem possui problemas de prisão de ventre.
  • O ácido que faz parte da sua composição é um regulador da secreção biliar e do metabolismo da pele, desta forma, é muito recomendada no tratamento da psoríase.
  • Doenças no fígado e na pele podem ser tratadas com essa planta.
  • É cardiotônica e escrofulante.
  • É anti-inflamatória e ajuda a expulsar do corpo as pequenas pedras da vesícula.
  • A arteriosclerose, urticária, sarna e as cólicas intestinais também podem ser tratadas com a fumária.

Uso da fumária

As partes utilizadas dessa planta são: o caule, as folhas e as flores. Veja agora as formas de uso:

Uso externo – Você deve colocar três colheres de sopa de folhas de fumária (pode ser da planta fresca ou seca) para cada litro de água. Leve ao fogo por aproximadamente 10 minutos e em seguida faça compressas em todas as afecções da pele. Essa compressa deve ser feita de duas a três vezes por dia.

Uso interno – Coloque uma colher de chá de fumária seca e picada em uma xícara de água fervendo. Após isso, tampe a xícara por aproximadamente 10 minutos. Em seguida coe e adoce com mel. Você deve tomar de uma a três xícaras de chá por dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

O consumo da fumária deve ser evitado por mulheres grávidas ou lactantes. Pessoas que possuem sensibilidade ou problemas de estômago também devem evitar seu uso.

É importante lembrar que o consumo máximo diário de fumária dever ser de três xícaras de chá, pois o uso em excesso pode causar vômito, diarreia e dores no estômago.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.