Publicado por Redação

Presente em uma série de alimentos e outros produtos, a goma aguar, também conhecida por goma de guar e farinha de guar, é uma fibra extraída da semente da planta de guar.

Ela consiste em uma leguminosa resistente, que cresce em regiões áridas. O consumo humano do alimento traz uma série de benefícios para a saúde.

Ela é um tipo de polissacarídeo que pertence à classe das fibras solúveis, por isso ela não agride o estômago nem o intestino delgado, sendo fermentadas pelas bactérias da flora intestinal. Em contato com a água, a goma aguar forma uma substância viscosa, com propriedades probióticas.

goma-aguar

Foto: reprodução/site wikipedia

Como é usada a goma aguar

A goma aguar é utilizada com maior ênfase como suplemento alimentar. Porém, ela também pode tratar a constipação, a diarreia, auxiliar no tratamento de obesidade, diabetes e reduzir o colesterol.

Devido a viscosidade que o produto atinge, ele é utilizado nas indústrias de alimentos e bebidas, farmacêuticas, alimentação animal, nutrição humana, cosméticos, papel e até explosivos como agente de suspensão. Isso garante que outros componentes da fórmula fiquem adequadamente dispersos.

A goma aguar também pode ser encontrada nas fórmulas de sorvetes, produtos de panificação, lácteos, molhos, misturas de gelatina, geleias e outras sobremesas. Nesse produtos ela interfere na textura, estabilizando a fórmula.

Para a saúde…

Devido as suas propriedades probióticas, o consumo de goma aguar está associado a prevenção e tratamento de muitas doenças. A primeira delas é normalizar a função intestinal. Devido a quantidade de água que fica retida na substância, as fezes ficam úmidas, o que facilita o trânsito intestinal.

A ingestão regular da goma de aguar também atrapalha a absorção de colesterol e glicose, isso ajuda no tratamento das hiperlipidemias e do diabetes. Quando consumida junto a refeições, o produto diminui os níveis e insulina. Devido a sensação de saciedade que ela provoca no organismo, a goma de aguar também pode auxiliar na redução do apetite e, consequente, emagrecimento.

Outros benefícios vinculados ao consumo da goma de aguar é a redução da pressão arterial, trato da síndrome do intestino irritável e se mostra eficaz na prevenção e redução de placas ateroscleróticas em camundongos com diabete tipo 1.

Riscos envolvendo o consumo de goma de aguar

Apesar dos tantos benefícios que a goma de aguar pode trazer para a saúde, o consumo excessivo pode acarretar em alguns problemas. Ela pode aumentar a produção de gases, causando flatulência e diarreia; outro sintoma é o bloqueio do intestino e esôfago, dado pela grande absorção de líquidos. As mulheres grávidas também devem evitar o consumo da substância.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.