Publicado por Redação

Não é comum encontrar quem já conheça ou tenha feito uso da planta guaçatonga. Com nome diferente e marcante, apesar de soar desconhecida, ela é mais popular do que se imagina. Há séculos atrás se tornou muito disseminada entre os indígenas, que descobriram suas propriedades medicinais e passaram a utilizá-la para muitas finalidades. Conhecida regionalmente como café do brejo, bugru branco, café do diabo ou café bravo, a planta ainda é utilizada para a fabricação de cremes fitoterápicos e medicamentos homeopáticos. Se a medicina farmacêutica e química teve interesse em aproveitá-la, podemos pressupor que de fato seja uma planta importante para a saúde. Para identificá-la é preciso ater-se ao nome científico, Casearia sylvestris – afinal, diversas plantas possuem nome popular similar ou igual, mas com propriedades diferentes.

Guaçatonga

Foto: Reprodução

Onde encontrar?

A planta é facilmente avistada em território nacional, principalmente localizada entre a Bahia e o Rio Grande do Sul, mas para não arriscar-se a colher outra planta por engano, recomenda-se comprá-la em lojas próprias e seguras. Algumas farmácias podem vender pequenos saquinhos contendo gramas de folhas secas da planta guaçatonga, mas o mais provável é encontrá-la dessa forma em lojas de produtos naturais, em grandes mercados e pela internet. O preço médio da planta é de R$ 5,00 a R$ 10,00.

Propriedades

As principais propriedades da guaçatonga são: anestesiante, antimicrobiana, antisséptica, antipirética, antirreumática, anti-hemorrágica, antiespasmódica, afrodisíaca, calmante, cicatrizante, diurética, depurativa, estimulante, tônica, sudorífera, entre outras.

Benefícios

A planta guaçatonga possui duas propriedades importantes para quem deseja perder peso com saúde: a diurética e a sudorífera. Sabe-se que o excesso de líquidos retidos no organismo provoca o inchaço e, consequentemente, rendem alguns quilinhos a mais. A propriedade diurética aumenta a eliminação de líquidos através da urina, reduzindo a retenção e provocando uma espécie de “limpeza” no organismo, pois toxinas e bactérias também são expelidas através da urina. A propriedade sudorífera igualmente permite que se reduza a retenção de líquidos – que são eliminados através do suor – permitindo maior progresso no emagrecimento.

Ainda, é eficaz no combate contra aftas e herpes labiais, distúrbios de pele, picadas de cobras, hemorragias, inflamações, diarréia, dores no peito, sífilis, micoses, sarna, úlceras, eczemas, artrite, reumatismo e ácido úrico.

Como preparar?

Após adquirir as folhas secas da planta, leve ao fogo 200 ml de água filtrada juntamente com 10 g da planta. Tampe e deixe ferver por 5 minutos. Então permaneça com o recipiente abafado e, após alguns minutos, coe e consuma o chá quando a temperatura estiver agradável.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.