Publicado por Redação

A lavanda é uma planta muito conhecida, principalmente pelo seu óleo essencial. Ele pode ser utilizado na medicina, na cosmética e perfumaria. Esse óleo é um líquido que é extraído a partir da destilação das flores da lavanda. Além de produzir um aroma muito agradável, ele conta ainda com uma grande quantidade de propriedades que ajudam a melhorar a saúde, favorecem o bem-estar do corpo e da mente e melhoram a qualidade de vida.

A lavanda é uma planta nativa da região do mediterrâneo e seu uso é muito antigo na indústria de perfumaria, medicamentos e alimentos. Esta é a planta mais conhecida e também a mais estudada da Aromaterapia. Entre os nomes populares mais comuns temos a alfazema e lavanda. Na aromaterapia os nomes são Lavandula officinalis, Lavandula angustifólia ou Lavandula vera.

Características

As flores da lavanda são lilás e suas folhas são cobertas com um revestimento de cor prata. Na França é possível encontra-la nos campos, tingindo a paisagem de lilás, já em São Paulo a lavanda não dá tantas flores e estas possuem uma coloração mais clara. Ela pode ser cultivada dentro de casa, o que garante bons remédios caseiros e também tratamentos para diversas doenças.

Propriedades e usos

A composição química da lavanda é muito complexa e possui diversas propriedades terapêuticas, entre elas temos as propriedades anti-inflamatória, analgésica, antidepressiva, antirreumática, antiespasmódica, cicatrizante, inseticida e tônico.

Devido a essa grande quantidade de propriedades, a lavanda pode ser usada para tratar muitos distúrbios: problemas de pele (como a acne, o pé de atleta, bolhas e caspa), dores musculares e reumatismo, asma e bronquite, cólicas abdominais e TPM, dor ciática, depressão e stress.

As flores da lavanda possuem tanino, sais minerais e óleos essenciais que têm poder antisséptico, calmante e de cura, podendo ainda ajudar a estimular o sistema nervoso. O chá das flores de lavanda é usado para tratar problemas digestivos, dores de cabeça, hipertensão, insônia, problemas cardíacos, náusea e distúrbios respiratórios.

Lavanda

Foto: Reprodução

O óleo essencial de lavanda é indicado para a desinfecção de feridas. Caso seja uma queimadura, o ideal é misturar algumas gotas de água mineral e umedecer a área afetada. Esse óleo também pode ser usado para massagens para aliviar dores no corpo.

Ao adicionar algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro é possível aliviar a insônia e o stress. Nos tratamentos de beleza é muito útil para o cuidado da pele oleosa e acne. Também é usado em massagem para fortalecer o couro cabeludo.

O vinagre de lavanda é ótimo para o tratamento de constipações e febres, também pode ser usado para massagem em pessoas com problemas reumáticos.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não há contraindicações ou efeitos colaterais, o óleo essencial pode ser usado por qualquer um, em crianças, idosos, grávidas, diabéticos, hipertensos e até em animais.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.