Publicado por Redação

Muito difundida no Brasil, o licopódio é uma planta rasteira que alcança poucos centímetro quando adulta. Sua raiz é altamente difundida, crescendo horizontalmente no solo, produzindo caules verdes e aprumados. Destes, brotam galhos de mesma cor que se ramificam entre si. As folhas, por sua vez, são pequenas. Na ponta de cada galho há esporos, que são responsáveis pelas ações medicinais da erva, tendo em vista que é onde se encontra as suas propriedades.

Esta espécie é nativa da Grã-bretanha, mas ganhou o mundo com seus inúmeros benefícios. Pertence a família lycopodiaceae e tem como nome científico Lycopodium clavitiumL. Porém, também é conhecida por outros nomes populares, como pata-de-lobo e pé de lobo.

Benefícios e propriedades da planta

Como um excelente antibacteriano, sedativo e diurético, o licopódio é uma erva que auxilia nos processos inflamatórios da região cutânea e dos rins. Além disso, pela capacidade antidiarreica ela também protege o funcionamento do sistema digestivo. Antisséptica, pode ser usada no tratamento de afecções na pele e irritação também nessa região.

Combate o reumatismo, artrite, problemas urinários, cistite catarral, doenças relacionadas aos intestinos e estômago, como a diarreia. É também uma forte aliada no tratamento de feridas, úlceras, gastrites, cálculos renais e escoriações. Seus benefícios abrigam ainda a eficácia em estimular o útero e a luta para vencer febres e traumas no geral.

Licopódio

Foto: Reprodução/ internet

Modos de usar o licopódio

Existem duas formas de usar o licopódio, são elas:

Chá: Com uma colher (chá) de licopódio e 1/4 de litro de água, é possível preparar uma infusão potencializadora capaz de combater diversos problemas de saúde. Coloque a água para ferver e depois despeje em um recipiente sobre as folhas da planta. Tampe a mistura e deixa-a repousar por 10 minutos. Em seguida, beba uma xícara por dia e dê preferência para o período matinal, antes do café da manhã.

Assento: Você deve preparar uma mistura de meio balde que pode ser feito com 100 gramas de ervas frescas ou secas. Após a ebulição dos ingredientes, deixe a mistura esfriar e utilize no banho.

Contraindicações e cuidados essenciais

Apesar de muito benéfico, o chá feito à base de licopódio não deve ser ingerido por mulheres grávidas ou em período de lactação. Se consumido nessas fases, a mãe poderá colocar em risco a saúde do filho. Além disso, a planta possui Iycopodine, uma substância venenosa para os nervos motores pois é capaz de paralisá-los. Desta forma, a dica é usar apenas a quantidade indicada. E se for o caso, procurar um médico para saber a orientação do profissional sobre como usar devidamente a bebida feita com esta planta sem que ela afete seu organismo.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.