Publicado por Redação

Usada devido a sua propriedades diuréticas, antifúngicas e laxante, a manjerioba grande é uma planta da família das Fabaceae. Dependendo da localidade, a planta pode ser conhecida por outros nomes, a exemplo de acapulco, fedegosão, mangerioba-do-pará, mangerioba-grande e mata-pasto-grande.

As partes da manjerioba grande utilizadas são as folhas, inflorescência (parte da planta onde se localizam as flores) e a raiz.

Indicações para o uso da manjerioba grande

manjerioba-grande

Foto: reprodução/site wikimedia

Devido as suas propriedades medicinais, a planta pode ser usada para tratar diversos problemas de saúde. Entre eles estão: anemia, congestão do fígado, dispepsia, febre, gonorreia, hemorroidas, herpes, impingem, infecção, malária, pano branco e prevenção da erisipela e da sarna.

Como utilizar a planta

A manjerioba grande pode ser utilizada para tratar infecções na pele por bactérias e fungos. Através dos brotos frescos da planta, basta friccionar sobre o local da infecção e esperar agir. O certo é que essa intervenção seja feita uma vez por dia, durante o período de uma semana.

Para tratar das hemorróidas, deve ser preparado um refresco da inflorescência. Para isso basta pegar essa parte da planta, 200 ml de água, açúcar e gosto e bater no liquidificador. Para que o tratamento surta efeito o indicado é repetir o processo de ingestão da bebida duas vezes por dia.

Já a partir da decocção da raiz da planta, é possível preparar uma bebida capaz de diminuir a febre.

Cuidados quanto ao consumo

Mesmo se tratando de uma substância natural, seu uso deve ser prescrito pelo médico, já que doses elevadas da planta podem provocar nefrite aguda que pode ser fatal, em função das antraquinonas, especialmente em lambedores e xaropes caseiros feitos com as folhas.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.