Publicado por Redação

O milho (Zhea mays) é um dos alimentos mais populares do mundo e o seu cultivo data de 6000 anos de antiguidade. É originário da América do Sul, porém não se sabe exatamente de qual país: alguns estudiosos indicam que a sua origem é o Peru, outros afirmam ser a Colômbia e outro grupo indica ainda a América Central.

Atualmente, o milho é cultivado em todo o mundo, sendo que os Estados Unidos da América são o principal produtor. Ao lado do arroz e do trigo, o milho constitui um dos principais alimentos vegetais para a humanidade.

Embora seja um alimento bastante popular, poucos sabem que as barbas que envolvem a espiga são um poderoso remédio.

Milho

Foto: Reprodução

Propriedades e benefícios

Com os fios que envolvem a espiga (“cabelo de milho” ou “barba do milho”) são feitos remédios caseiros que atuam sobre o sistema urinário, protegendo e acalmando os rins, a bexiga e o aparelho urinário.

Os principais componentes são os flavonoides, alantoína, saponinas, mucilagem, óleo volátil, vitaminas C e K e potássio. Dentre as propriedades estão a sua ação diurética, anti-inflamatória, emenagoga e antiespasmódico.

Devido às suas propriedades, o cabelo de milho é indicado para tratar diversas condições de saúde, dentre as quais estão a gota, cistite, edemas, uretrite crônica, hipertrofia da próstata, litíases urinárias, afecções de pele como feridas e úlceras, cólicas nefríticas e auxilia na eliminação de ácido úrico e fosfato.

As barbas do milho podem ser utilizadas ao primeiro sinal de infecções urinárias, acalmando a inflamação e auxiliando na redução da irritação e limpeza da infecção. Além de tratar a infecção, também protege e fortalece o sistema urinário, favorecendo a atividade renal e o aparelho urinário.

Como usar o milho para fins medicinais?

Devido às suas propriedades, a barba de milho é a parte utilizada para tratar diversas condições de saúde. Pode ser usado das seguintes formas:

Infusão – É considerada mais eficaz do que a tintura. A indicação de uso é ingerir uma xícara da infusão, seis vezes ao dia. Esta infusão serve para tratar cistite, uretrite, retenção urinária, aumento benigno da próstata ou pedras no trato urinário.

Para preparar o chá, siga a seguinte receita: em uma xícara de água fervente, acrescente uma colher de chá de cabelo de milho seco juntamente com a mesma medida de agrimônia. Deixe descansar por 15 minutos e coe. O chá é indicado para crianças que tenham incontinência urinária noturna. Para saber a dosagem correta, recomenda-se consultar um fitoterapeuta.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.