Publicado por Redação

Também conhecida como trevinho, trevo, acedrilla, erva azeda, azeda do campo, entre outros, a planta azedinha pertence à família das polygonaceae. De nome científico rumex acetosella ou rumex acetosa, a planta cresce em locais escuros em abundância e cria um cobertor denso com uma coloração esverdeada linda. Muitas vezes encontradas no mesmo habitat onde crescem as samambaias, as azedinhas crescem em regiões mais úmidas.

Formas de consumo

Pode ser usada no preparo de saladas verdes, dando um sabor azedo, semelhante ao do limão, à salada. Pode ser usada cozida para preparo de comidas quentes, como sopas, ou ainda misturada aos sucos, como o suco de laranja com mel e gelo, por exemplo, que fica uma bebida refrescante, saborosa e relaxante. Pode ser usada ainda no preparo de um chá, que quando consumido traz muitos benefícios à saúde.

Benefícios e propriedades

Rica em vitaminas B e C, além de cálcio e outros minerais, a planta é repleta de benefícios à saúde, contando com ação diurética e febrífuga, além de anti-inflamatória, desintoxicante, antibacteriana, cicatrizante, adstringente, anticancerígena, hepática, laxante, antiescorbútica, antisséptica, entre outras.

Planta azedinha

Foto: Reprodução/ internet

Segundo estudos, a planta pode ser usada para afastar inflamações nos rins, combater outras inflamações diversas do corpo, além de ajudar no tratamento do câncer e diminuir a pressão arterial. A planta pode ser usada ainda no tratamento de acnes, feridas, melanoma, lombriga, prisão de ventre, retenção de líquidos, entre outros.

O cataplasma da azedinha é usado para o tratamento do tratamento das acnes, lombrigas, febre e feridas, e o que muita gente não sabe é que o suco das folhas da azedinha pode ser usado para coalhar leite para a fabricação do leite. A planta, na China, é usada ainda crua para aliviar a área reprodutiva da mulher após partos normais, prevenindo infecções.

Essa planta é um dos ingredientes usados na formulação do remédio bastante popular para o tratamento do câncer conhecido como Essiac. Esse é uma fórmula originalmente indígena, da tribo conhecida como Ojibwa.

Contraindicações

É essencial usar plantas medicinais ou quaisquer medicamentos somente com orientação médica. A planta conhecida como azedinha é rica em ácido oxálico, o que pode fazer com que se formem pedras nos rins. É contraindicado o uso por pacientes que sofram de gota, pedras nos rins ou reumatismo.

Gestantes, lactantes e portadores de doenças com uso contínuo de medicação devem usar a planta somente com acompanhamento médico.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.