Publicado por Redação

A planta pirole, de nome científico pirola rotundifolia L., é uma planta vivaz, ou seja, não anual. É originária da Ásia, da Europa e da América do Norte. Da família das piroláceas, chega a medir de 10 a 20 centímetros de altura, com cerca de seis a doze folhas em cada ramo. Normalmente, são posicionadas próximas à base do caule. Possui flores brancas e cheirosas no seu topo. É encontrada em solos e terrenos esponjosos.

Propriedades e Benefícios

A planta Pirole tem em sua composição açúcares, glicosídeos e arbutrina. Esses ativos agem como adstringentes, ou seja, contraem os tecidos formando uma camada protetora que combate inflamações da boca, garganta, órgãos genitais e intestinos. Por suas capacidades adstringentes, também atua como hemostática, que auxilia na coagulação do sangue, diminuindo os riscos de hemorragias.

Também funciona como diurética, o que melhora o funcionamento dos rins, da bexiga e dos intestinos, inibindo, portanto, a retenção de líquidos, um dos principais fatores que ocasionam o inchaço do corpo. Suas potencialidades são bastante utilizadas no tratamento da diarreia. Na “Revue de Phytothérapie”, em um artigo do Dr. Decaux, há uma parte que informa que essa planta é utilizada há bastante tempo pelos nativos, e possui propriedades análogas às da uva ursina.

Planta Pirole

Foto: Reprodução/ internet

Partes utilizadas

As partes que possuem esses princípios ativos e que podem ser consumidas são suas folhas, encontradas próximas à base da planta.

Chá da planta Pirole

Uma ótima forma de se aproveitar todos os benefícios e elementos da planta Pirole é justamente fazendo um chá de suas folhas. Coloque algumas dessas folhas em uma panela com um pouco de água, tampe e ferva por alguns minutos. Depois da fervura, deixe amornar, com o recipiente ainda tampado. Após o chá ficar morno, beba em média duas ou três xícaras durante o dia.

Doses de fluídos

Você também pode comprar os fluídos da planta Pirole em farmácias de manipulação, e tomar em média 15 a 20 gotas, duas vezes ao dia, antes das refeições. Esse uso dá resultados claros na melhora da digestão e, consequentemente, auxilia na liberação de líquidos, o que pode até ajudar a emagrecer.

Contraindicações e efeitos colaterais

As contraindicações do uso da planta pirole são desconhecidas, tanto quanto seus efeitos colaterais. Mesmo assim, é indicado que você procure um médico antes de começar o tratamento com essa planta, e estar sempre atento à dosagem, para não passar dos limites máximos. A maioria das plantas, quando consumidas em excesso, pode causar problemas a saúde.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.