Publicado por Redação

Pertencente à família botânica Polygalaceae, a Polígala possui o nome científico Polygala senega. Seu nome é formado pela união de duas palavras gregas: “poly” – que significa muito – e “gala” – que significa leite. O significado de seu nome faz referência às propriedades lactantes que a planta possui, além de muitas outras propriedades medicinais fundamentais para prevenir e remediar doenças e males no organismo humano. Com galhos lisos, a planta pode alcançar entre 20 e 30 cm de altura.

Polígala

Foto: Reprodução

Propriedades, indicações e benefícios

As principais propriedades da polígala são: diaforético, diurético, estimulante, expectorante, lactante, entre outras.

Um dos benefícios que tornam a polígala muito conhecida em diversas regiões do Brasil e do mundo é sua eficácia em aliviar e tratar congestões nasais. Assim como para outros problemas respiratórios, a planta descongestiona, limpa os canais e permite assim uma respiração mais agradável.

Infecções do trato urinário, cistites, pedras nos rins e problemas similares também podem ter seus sintomas aliviados pelo consumo da polígala. Ela estimula a eliminação dos líquidos pelo canal urinário, provocando uma espécie de “limpeza”, eliminando diversas toxinas e bactérias. Para quem deseja emagrecer este ponto também é de extrema importância, pois com a redução de líquidos reduz-se também o inchaço corporal e, consequentemente, alguns quilinhos a mais.

Efeitos colaterais

O consumo exagerado e indiscriminado da polígala pode causar diarréias, ânsias, vômitos e outros males gastrintestinais. É importante frisar que toda e qualquer doença necessita de acompanhamento médico, e que o mesmo deve estar ciente de qualquer tratamento secundário – natural ou não – requisitado pelo paciente. Em caso de reações adversas suspenda o uso imediatamente e busque um especialista de sua confiança.

Modo de preparo

Leve ao fogo 10g de raiz da polígala, juntamente com meio litro de água. Deixe ferver por 10 minutos, então abafe e espere amornar. Quando a temperatura estiver adequada para consumo, adoce a gosto, coe e beba este chá entre duas e três vezes ao dia.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.