Publicado por Redação

O serpilho, de nome científico Thymus serpyllum, é uma planta medicinal pertencente à família Lamiaceae, sendo também popularmente conhecida como erva-ursa, planta-ursa, serpão, serpil, falso-tomilho e timo-silvestre. Esta planta cresce na Europa, à beira dos caminhos e dos bosques, e necessita de sol para florescer corretamente.

Trata-se de uma planta aromática de pequeno porte, que não ultrapassa 20 centímetros de altura. Devido às suas propriedades medicinais, o serpilho é utilizado como um remédio natural para tosses e dores de garganta.

Propriedades e benefícios

Os constituintes químicos do serpilho incluem os óleos essenciais, tanino, resina, saponosídeo, derivados dos ácidos oleanólico e ursólico, ácidos fenólicos, flavonoides e princípio amargo (serpilina).

As propriedades medicinais desta planta incluem a sua ação antibiótica, antiespasmódica, antisséptica, balsâmica, carminativa, cicatrizante, digestiva, diurética, espasmolítico, estimulante, estimulante do apetite, eupéptico, expectorante, hemostática, parasiticida, tônica, tônico vascular, vasoprotector, vermífuga e vulnerária.

Planta serpilho

Foto: Depositphotos

Devido às suas propriedades, o serpilho é indicado para tratar diversas condições de saúde, como as seguintes:

  • Artrite;
  • Asma;
  • Astenia;
  • Bronquite;
  • Cãibras do estômago;
  • Coqueluche;
  • Diarreia;
  • Constipação de crianças de colo;
  • Convalescença;
  • Distúrbios do sistema nervoso simpático;
  • Distúrbios gástricos;
  • Dores reumáticas;
  • Epilepsia;
  • Epistaxe;
  • Espasmo;
  • Fadiga;
  • Obstipação;
  • Feridas supuradas;
  • Queda de cabelo;
  • Tosse;
  • Sarna;
  • Dores de garganta;
  • Resfriado;
  • Bronquite.

Como utilizar o serpilho?

As partes utilizadas da planta são as sumidades floridas e as folhas. Existem várias maneiras de aproveitar os benefícios do serpilho, confira a seguir:

Infusão

Infusão de 10g da planta em um litro de água, durante o período de 10 minutos. A indicação de consumo é de um copo do chá antes ou depois de cada refeição.

Decocção para uso externo

Para preparar a decocção, use 50g para um litro de água. Ferva pelo período de dois minutos e deixe esfriar. Use em compressas, loção, colutório, gargarejo, banho local ou geral, inalação, ferida supurada e sarna.

Cuidados e contraindicações

É fundamental ter muito cuidado ao utilizar o serpilho, pois o óleo essencial presente na planta pode ser neurotóxico e abortivo, além de causar dermatite de contato.

Esta planta é contraindicada durante o período da menstruação, para lactantes, crianças menores de 6 anos e indivíduos que tenham alergias respiratórias e a óleos essenciais. O serpilho também não é indicado para pessoas que sofram com gastrite, úlcera gastroduodenal, síndrome do intestino irritado, colite ulcerosa, enfermidade de Crohn, hepatopatia, Parkinson ou outras doenças neurológicas.

Lembre-se que todo e qualquer medicamente, inclusive o natural, apenas deve ser utilizado sob orientação de um profissional de confiança.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.