Publicado por Redação

A tília é uma planta que possui mais de 40 espécies diferentes, florescendo principalmente em locais quentes, úmidos e montanhosos. Está presente principalmente nas zonas temperadas do hemisfério norte, e é encontrada em grandes quantidades na região de Portugal.

Com em torno de 25 metros de altura, a árvore pode chegar aos 2 mil anos de idade quando as condições forem favoráveis. As partes usadas dessa planta são suas cascas e flores que possuem muitos benefícios e propriedades medicinais.

Também conhecida como teja, tejo, texa ou tilha, a planta tem como nome científico Tilia cordata Mill, e pode ser encontrada facilmente em feiras livres, mercados

Benefícios da tília

Há muitos anos, desde o renascimento, as flores de tília já eram usadas para o preparo de uma infusão que servia como medicamento caseiro desde aquela época. A planta é famosa até os dias atuais devido aos seus efeitos sobre o estresse, ansiedade e problemas nervosos em geral, tanto em pacientes adultos quanto em crianças. O chá pode ser usado também para o tratamento de insônia e problemas derivados do sistema nervoso, como a indisposição gástrica e a dor de cabeça.

Esse medicamento caseiro pode ser usado também para o tratamento de indisposições gástricas de uma forma geral, além de inflamações do sistema digestivo. Nesse caso, entretanto, trata-se do chá feito com as cascas. O chá feito com as flores ajuda também a exercitar a musculatura do aparelho digestivo e melhorar a digestão.

Planta tíilia

Foto: Pixabay

Atua como um excelente antidepressivo e antiespasmódico, ajudando a tratar a depressão, além de tosses, resfriados e atua no fortalecimento do sistema imunológico. Age como um excelente sedativo, diurético, sudorífico, anti-inflamatório, antiespasmódico e vasodilatador. Pode ser usada para tratar catarros brônquicos, bronquites, asma, gripe e tosse forte.

É benéfica ainda para condições cardiovasculares, apesar de não ser indicada em uso prolongado para pacientes que sofram de problemas cardiovasculares. A planta evita o endurecimento das artérias, alivia palpitações e reduz a pressão arterial.

Como preparar o chá?

Para preparar o chá você vai precisar de:

– 1 litro de água
– 2 colheres (de sopa) de flores de Tília

Em um recipiente, coloque a água e as flores e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue e tampe, deixando abafado, descansando, por pelo menos dez minutos. Quando o chá amornar, você só precisa coar e consumir. A dose indicada é de duas a três xícaras espaçadas no decorrer do dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

Esse chá é contraindicado para pacientes gestantes e mulheres em período de amamentação. Não deve ser consumido também por pacientes que apresentam reações alérgicas ou que fazem tratamento de doenças crônicas com a utilização de medicamentos bastante fortes. Também não devem consumir aqueles que estejam fazendo tratamentos com medicamentos anticoagulantes e que sofrem de obstrução das vias biliares.

Atenção: doses elevadas podem causar náuseas e vômitos, e o uso das flores muito velhas pode ocasionar irritação na pele e nos olhos. As plantas medicinais, assim como qualquer outro medicamento, não devem ser consumidas sem indicação médica. Avise e consulte seu médico.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.