Publicado por Redação

O zimbro, de nome científico Juniperus communis, é também popularmente conhecido como junípero, junipo, zimbrão, fruto de genebra, dentre outros nomes. Pertencente à família das Cupressacéas, é uma planta de tamanho médio, encontrada principalmente na Europa. As suas folhas são pontiagudas, as flores são amareladas e as sementes do interior dos frutos possuem um sabor e aroma característicos e marcantes, sendo utilizadas como aromatizante ou tempero. Além disso, esta planta é um dos grandes diuréticos da medicina natural (ou naturopatia). Em 2002, o “World Journal of Urology” publicou um estudo que comprovava a eficácia de várias plantas medicinais no tratamento de casos de doenças do trato urinário, dentre as quais, o zimbro.

Zimbro

Foto: Reprodução

Propriedades do zimbro

  • O fruto da planta possui ação calmante, auxiliando na redução do nervosismo e insônia;
  • Diurético;
  • Antireumatismal;
  • Antisséptico;
  • Possui propriedades digestivas, além de reduzir a acidez estomacal e o mau hálito;
  • O óleo das bagas do zimbro pode auxiliar no tratamento de doenças respiratórias, como a bronquite e a asma.

Indicações de uso do zimbro

O zimbro é muito conhecido por ser utilizado como aromatizante do gin, uma bebida que possui elevado teor alcoólico e bastante utilizado na preparação de drinques. O óleo da planta é utilizado para dar o gosto e o aroma característicos da bebida, deixando o gin com um aroma e sabor levemente adocicados. Além do uso na fabricação do gin, as bagas da planta podem ser utilizadas no alívio de dores, inflamações e irritações na pele. Na cosmética, o zimbro é utilizado no tratamento de acnes, celulites e irritações da pele. A infusão ou tintura preparada a partir dos frutos do zimbro são usadas no tratamento de casos de inflamações, má digestão e doenças da pele. Acredita-se, também, que as compressas com os frutos da planta auxiliam no tratamento da psoríase e dores ciáticas.

Modos de utilizar o zimbro

Normalmente, os frutos do zimbro são utilizados em pó ou desidratados e o óleo é retirado das bagas da planta.

Precauções e contraindicações

O fruto do zimbro deve ser usado com moderação, pois contém algumas substâncias tóxicas. A infusão ou tintura devem ser consumidos em pequenas doses e não é indicado tomar durante mais de 15 dias. Lembre-se sempre que, mesmo sendo um remédio natural, é necessário consultar um médico de sua confiança!

O uso do zimbro é contraindicado para grávidas, lactantes e pessoas que sofram com inflamações renais.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.