Publicado por Redação

Você sabe o que é braúna preta? Nesse post você vai conhecer mais sobre essa árvore tipicamente brasileira e para que ela serve. Veja também quais os benefícios e propriedades medicinais dela.

A braúna preta é uma árvore da família das fabaceae, que engloba vários tipos de leguminosas, como o feijão e a ervilha por exemplo. Ela é uma planta típica de diversas regiões brasileiras e que hoje corre risco de extinção, por causa da extração sem controle devido ao grande valor da sua madeira.

A braúna também pode ser conhecida por outros nomes como Melanoxylon brauna, como é chamada cientificamente, ibirauna e baraúna, que são outros nomes populares. O nome braúna seria uma derivação do tupi para ibirá-uma, que significa madeira preta.

Ela é bastante usada na construção e para a fabricação de móveis, já que possui uma madeira de tom escuro e resistente a fungos e umidade. No entanto, muitas comunidades usam os derivados da planta para o tratamento de diversas doenças. Não apenas em humanos, como também em animais domésticos. Continue lendo para saber mais sobre a braúna preta.

O que é a Braúna Preta?

A braúna preta é uma árvore típica de várias regiões brasileiras, especialmente no nordeste e sudeste do país. É uma planta de raízes profundas e tronco liso e reto, que pode chegar a 25 metros de altura. Ela possui folhas verdes e pequenas e durante os meses de novembro à março começa a sua floração.

Árvore da Braúna Preta

O nome científico da braúna preta é Melanoxylon brauna (Foto: Reprodução | Árvores Brasil)

Os frutos da árvore começaram a amadurecer entre os meses de agosto e setembro. A braúna apresenta ainda uma casca lisa e que pode variar do cinza, em plantas mais jovens, até quase preto, em árvores mais velhas.

A madeira da árvore é pesada e bastante resistente ao tempo e umidade. Por isso é bastante usada em ambientes externos, móveis e pisos. Ela tem uma aparência lisa e uma cor escura, quase negra em árvores mais velhas.

Por conta da extração sem controle, a braúna preta corre risco de extinção em alguns estados, por causa do alto valor comercial da madeira. Por esse motivo as árvores ainda existentes são protegidas por lei.

Veja também: Jasmim-Azul

Para que serve?

A madeira da braúna é muito usada na construção, especialmente em ambientes externos e em coisas que exijam durabilidade, como portas de entrada, móveis e até mesmo pontes. Isso acontece porque ela é considerada uma das madeiras nacionais mais duras e resistentes.

Ela também é bastante usada para a construção de pontes, vigas de madeira, portas e pisos. Tudo isso por conta da durabilidade e resistência à fungos da madeira e a sua cor escura.

Para fins medicinais a braúna serve para o tratamento de dores, como dores de ouvido e de dente. A seiva da árvore é usada por indígenas para o tratamento de problemas gastrointestinais e as flores podem ser usadas para o tratamento de ansiedade.

As flores da árvore ainda podem servir de alimentos para animais nos períodos de estiagem prolongada. Já que, graças a suas raízes, ela consegue extrair água do subsolo e florescer.

Propriedades e benefícios 

A braúna preta tem diversas propriedades medicinais. Povos indígenas da região onde ela cresce utilizam a casca da árvore moída e cozida para o tratamento de dores de dente. O chá feito com a casca da planta serve também para o tratamento de dores e inflamações no ouvido.

A seiva extraída do caule da braúna, quando consumida em pequenas quantidades, funciona como um tônico e ajuda no tratamento de ansiedade. Um outro benefício do chá feito com a casca da árvore é ajudar no tratamento de verminoses em animais domésticos.

As propriedades medicinais da árvore ainda incluem ativos adstringentes e vasoconstritores. Ela ainda possui os benefícios de auxiliar no tratamento de diarreia causada por infecções, tuberculose e metrorragia, um sangramento fora do período da menstrual e pode ser causado por fatores hormonais ou infecções.

Formas de uso

A forma medicinal de uso mais comum é o chá que é feito com a casca da árvore. Para isso a casca deve estar seca e precisa cozinhar por alguns minutos.

Um outro uso é da casca macerada e cozida, que deve ser aplicado sobre o dente para aliviar as dores.

Por fim, quando se abre um sulco na casca é possível retirar uma seiva grossa e escura que também é usada para fins medicinais. Populações locais usam essa seiva no tratamento de enfermidades gastrointestinais, como tônico e até mesmo para tratar tuberculose.

Flores da Braúna Preta

As flores da Braúna Preta podem ser usadas para o tratamento de ansiedade (Foto: Reprodução | Árvores Brasil)

Como fazer o chá de braúna preta?

Para preparar o chá é preciso de uma colher de sopa da casca da árvore e 500 ml de água filtrada ou mineral. Em primeiro lugar é preciso deixar a água levantar fervura. Logo depois adicione a casca da braúna e deve ferver por 10 minutos.

Por fim, retire as partes sólidas da bebida e pode consumi-la sem adoçar. Em animais pode ser necessário ministrar a solução através de seringas.

Veja também: Buchu

Onde encontrar?

A braúna preta como é uma planta em risco de extinção pode ser difícil de encontrar em alguns estados. Sendo assim, ela é mais comum em áreas de cerrado e caatinga ou próximas a Mata Atlântica, especialmente nos estados de Minas Gerais, Bahia e São Paulo.

Também é possível encontrar a árvore como planta ornamental em algumas cidades do país. Sendo fácil de reconhecê-la nos meses em que ocorre a floração.

A casca ou a seiva da planta para fins medicinais podem ser encontradas em feiras livres ou de ervas. Ainda é possível encontrar as mudas à venda, que podem ser plantadas, já que precisam de poucos cuidados. No entanto, vale lembrar que é uma árvore de porte médio e que pode ultrapassar os 20 metros de altura.

Existem contraindicações?

Existem poucos estudos à respeito dos usos medicinais da braúna, por isso não é possível encontrar nenhuma contraindicação explícita. No entanto, mulheres grávidas e que estejam amamentando devem evitar o uso, já que não há estudos que informem quais seriam as consequências para o feto ou bebê.

Também é preciso evitar dar os derivados medicinais da árvore para crianças pequenas ou pessoas que sofram com hipertensão. Isso por causa dos efeitos vasoconstritores da planta, que podem agravar o problema.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.