Publicado por Redação

O nome científico do cravinho é Syzygium aromaticum. Ele pertence à família das Myrtaceae e é natural da Indonésia. Também conhecido popularmente como cravo-da-índia, essa planta é muito utilizada como erva natural, condimento e também como elemento utilizado na fitoterapia.

As partes mais utilizadas para esses fins são os óleos essenciais e o botão da flor. Os princípios ativos encontrados nessas plantas são o salicilato de metila, canferol, ácido cratególico, estigmasterol, acetil eugenol, ácido galotânico, beta cariofileno, taninos, vanilina, flavonoides, campesterol, triterpenóides, eugenina entre outras substâncias.

Essa composição garante ao cravinho ou cravo-da-índia inúmeras propriedades, como antioxidante, antisséptico, analgésico, adstringente, estimulante e antiemético.

Para que serve o cravinho

Ele pode ser bom para prevenir infecções, intoxicações e atuar como antisséptico potente. Além disso, aftas e dores nos dentes podem ser amenizadas.

O cravinho pode ser usado para aliviar dor de dente e cólica

Essa erva natural é usada como condimento e na fitoterapia (Foto: depositphotos)

Nesse último caso, o ideal é colocar o cravo-da-índia ao natural na boca ou então colocar o óleo essencial sobre o dente que estiver doendo. Para problemas no estômago, como indigestão, gases, inchaço e diarreia, o chá de cravinho pode ser um aliado para aliviar os sintomas ou amenizar os incômodos.

Se o problema for dores abdominais, as tradicionais cólicas, o consumo do cravo-da-índia funciona como um anestésico.

No oriente, o cravinho é considerado aromático, cujo aroma é capaz de aliviar problemas no baço, rins e demais órgãos internos. Por isso, é muito empregado no combate aos soluços e para fortalecer os órgãos do estômago.

Veja também: Cordão de São Francisco

Onde comprar o cravinho

Se você deseja comprar cravinho ou cravo-da-índia, o ideal é procurar por lojas especializadas, porém é possível encontrá-lo em mercados ou lojas comuns de condimentos.

Como obter o cravinho das flores

As flores aromáticas são colhidas ainda quando são botões. Caso você adquira as flores frescas, deve colocá-las para secar sob o sol por vários dias, até ficarem pretas ou marrons escuras.

Depois que você observar que as mesmas estão secas o suficiente para ficarem crocantes, é hora de guardá-las em um pote de vidro bem fechado para não murchar.

Veja também: Digital