Publicado por Redação

Todas as plantas pertencem a um tipo de família específico, definida por especialistas no assunto de acordo com as características que elas apresentam. No caso da cancorosa, trata-se da Santalaceae, onde tem como nome científico Jodina rhombifolia.

Mas além destes nomes, a planta também pode ser chamada de sombra-de-touro, cancrosa ou cancorosa-de-três-pontas.

No entanto, o que mais importa é que esta é mais uma planta com propriedades medicinais capazes de tratar diversos problemas de saúde. Confira:

Benefícios da cancorosa

As ações da cancorosa estão divididas em suas partes. Assim é possível dizer que as folhas são indicadas para tratar problemas digestivos, como dores no estômago, mau hálito, falta ou excesso de apetite etc. Além de otimizar a circulação sanguínea.

As folhas da cancorosa são indicadas para tratar problemas digestivos

O nome científico da cancorosa é Jodina rhombifolia (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Além das folhas, as cascas desta planta também são remédios naturais. Neste caso, elas podem ser usadas de forma externa para eliminar brotoejas, tratar ferimentos ou no sentindo de limpar o rosto, diminuindo acnes e cravos.

Como usar a cancorosa?

Existem duas formas de usar as propriedades da cancorosa, ambas em forma de chá. A única diferença é com relação a parte da planta utilizada, que vai definir a sua finalidade.

Veja também: Cúrcuma

Por exemplo, no caso da infusão feita com as folhas da erva, é indicado a ingestão do chá. Já quando ele é feito das cascas, é mais apropriado realizar banhos com o líquido.

No primeiro caso, utilize uma colher (de chá) das folhas de cancorosa em uma xícara de água fervente. Tampe o recipiente e deixe em infusão de cinco a 10 minutos. Após o tempo determinado, coe e beba o líquido. Não ultrapasse três xícaras por dia.

Já na segunda versão do chá, é preciso ferver um punhado de pedaços das cascas em um litro de água. Após a ebulição, desligue o fogo e espere que o líquido esfrie. Coe e utilize como achar necessário, seja em banhos ou lavagens em pontos específicos.

Veja também: Cupuaçu

Recomendações gerais

Busque sempre procurar a opinião de um especialista com relação ao problema enfrentado. Isto porque, nem todos os organismos estão preparados para receber determinadas medicações, sejam elas naturais ou não. Por isso, consulte um médico antes de se automedicar.

Além disso, grávidas não devem fazer uso desta planta de forma alguma, para não colocar em risco o desenvolvimento do bebê.

Já as mulheres que estão no período de lactação também devem evitar o consumo de produtos a base de cancorosa, pois ela pode diminuir a produção do leite materno.

Veja também: Coronha