Publicado por Redação

O cravo de defunto é chamado cientificamente de Tagetes patula. Ele pertence à família das Asteraceae. E também é conhecida por clavel de índias, tagetes-anão, botões-de-solteirão, tagetes, cravo, Fench marigold, marigold e cravo-francês e rosa-da-índia.

O cravo de defunto é uma planta que floresce uma vez por ano, é longa e com muitos ramos. Suas folhas possuem aroma característico que a definem como uma flor amarela ou laranja, bem aromática.

A planta também dá um fruto de cor escura. Pela sua beleza, o cravo de defunto é muito utilizado na decoração de ambientes e eventos.

Características do cravo de defunto

A origem do cravo de defunto é na América do Norte, no México. Na verdade, ela é uma planta que se adaptou muito bem ao Brasil pela semelhança com o clima tropical entre os dois países.

O cravo de defunto é chamado cientificamente de Tagetes patula

A cravo de defunto pode ter flores amarelas ou laranjas (Foto: depositphotos)

Ela é uma planta bem fácil de cultivar, pois é só plantar o fruto, que funciona como semente. Portanto, o solo não precisa ser muito fértil até mesmo pela sua característica de ser invasora, ou seja, ela se propaga com rapidez.

Veja também: Cumacaa

Benefícios do cravo de defunto

O cravo de defunto é muito utilizado na fitoterapia, como calmante, dores reumática, resfriados, tosse e até como laxante, graças aos seguintes princípios ativos contidos nela: ocimeno, carotenoides, linalol, destra-limoneno, fenol, carvona, eugenol, anetol e quercetagina.

As demais propriedades medicinais do cravo de defunto são: antiespasmódica, analgésica, aperitiva, pesticida natural, antitussígena, sudorífera, vermífuga e imunoestimulante.

Usos do cravo de defunto

Chá

O uso das infusões do cravo de defunto serve para combater a acne, problemas pancreáticos e de ouvido e angina. Outras indicações são para bronquite, cólicas uterinas, melhorar o apetite e vermes.

Veja também: Cruá

Xarope

Uma das formas de consumir o cravo de defunto é como xarope. Para fazê-lo você deve utilizar uma colher (de sopa) de folhas e flores da planta em água fervente. Depois de desligar o fogo, você deve coar e colocar ainda quente duas xícaras de açúcar ou mel.

Como xarope você deve tomar uma colher (de sopa) três vezes ao dia para combater catarro fruto de gripe ou tosse.

Uso externo

Já para usar o cravo de defunto externamente, você pode fazer uma compressa com as folhas e flores secas e colocá-las sob o vapor de água quente e, em seguida, colocar sobre a área afetada por dores e inflamações.

Banho

Já para usar o cravo de defunto no banho, pegue as folhas e flores em um litro de água quente. Depois disso, despeje essa mistura em uma banheira e fique até 15 minutos submerso (a).

Veja também: Digital

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.